segunda-feira, 13 de março de 2017

Seniores cedem perante CRAV

Resultado de  CRAV 31 x 7 MRC Bairrada não espelha o que aconteceu no campo

O Moita Rugby Clube da Bairrada somou este Sábado a 2ª derrota consecutiva ao perder em Arcos de Valdevez por 31x7 e não trazendo qualquer ponto para a Aldeia do Rugby. Em um jogo que se previa já bastante intenso no contacto físico à semelhança do que tinha acontecido na Moita foi um factor extra e lamentável que permitiu que este resultado desnivelado e tão enganador para quem se deslocou a Arcos de Valdevez para ver o jogo. Que fique claro que a vitória do CRAV é merecida e a sua equipa nada de culpas tem no facto de, pela 2ª jornada consecutiva, não ter havido árbitro oficial para apitar este jogo do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, permitindo durante todo o jogo que a disputa física passasse várias vezes para além do permitido. É desprestigiante para esta divisão e para o nosso rugby que esta situação aconteça.

Face a esta situação e a uma “adaptação” à realidade, ambas as equipas aceitaram a solução e partiram para o jogo com o intuito de o vencer e o resultado ao intervalo (7-0) bem espelha o equilíbrio no jogo. Foi o inicio apático da 2ª parte que permitiu ao CRAV marcar por duas vezes no espaço de 5 minutos o aumento desta vantagem após falhas na defesa Bairradina e que tirou um pouco a equipa da luta pelos 4 pontos.

Sem nunca desistir, a Bairrada através da insistência do seu pack avançado chega ao ensaio e permite ainda uma réstia de esperança na luta pelo jogo que se viria posteriormente que não viria a acontecer. Destaque para o pack avançado da Moita que soube no sempre difícil campo dos Arcos dominar as fases estáticas, garantindo todas as suas formações ordenadas e conquistando ainda algumas do CRAV, marcando dois ensaios limpos entre os postes a partir de melle que só quem estava a apitar e a auxiliar não quiseram ver por duas vezes consecutivas.

O CRAV viria a marcar logo de seguida através de um contra ataque das suas linhas atrasadas. Na bola de jogo, após um erro de handling da equipa Bairradina ao jogar uma penalidade permitiu ao CRAV marcar pela última vez colocando o resultado em 31-7, somando ponto de bónus ofensivo. Vitória justa para os homens da casa mas que em condições normais seria bem mais difícil de alcançar.

No próximo Sábado o MRC Bairrada recebe o SL Benfica pelas 17 horas e espera-se casa cheia na Moita.

Jogaram pelo MRC Bairrada
Alexandre Pires, Vasco Gomes, Diogo Pini, Jorge Marques, César Duarte, Pedro Santos, Rui Ferreira, Miguel Heleno, Pedro Heleno, Ruben Ari, Flávio Santiago Jorge Carvalho, David Lourenço, Mário Lopes e André Abrantes.
Suplentes: Maurício Lameiro, Marco Venâncio, André Galante, Pedro Miguel, Gonçalo Costa, João Sousa e Bruno Almeida.

Diogo Rodrigues

Equipa Feminina em 6º Lugar em Cascais


A equipa feminina do Moita Rugby Clube da Bairrada deslocou-se no último sábado, 11 de março, até ao campo do Grupo Dramático e Desportivo de Cascais, em Cascais, para disputar a 2a etapa do Campeonato Nacional de Sevens Feminino (CN 7´s).

O CN 7’s é jogado em duas séries (1 e 2) onde a primeira é disputada por oito equipas. A equipa Bairradina encontra na série 1 deste circuito juntamente com mais sete equipas de Norte a Sul do país (Sporting, Sport Clube do Porto, Agraria de Coimbra, Benfica, Tondela, Cascais e Lousã).
As atletas bairradinas após fazerem os jogos referentes ao seu grupo (Sport Clube do Porto, Sporting e Cascais) apenas venceram a equipa da casa conseguindo assim o 3º lugar deste. Passada a fase de grupos a nossa equipa foi disputar o 5º e 6º da classificação do torneio onde a equipa de Tondela levou a melhor.

Deste torneio importa destacar a evolução visível da jovem equipa que promete surpreender no próximo torneio no dia 18 de março nos campos do Moita Rugby Clube da Bairrada.

Jogaram: Beatriz Rodrigues, Mariana Neves, Vanessa Galante, Ana Bárbara, Inês Spinola, Tania Martins, Maria Miguel e Andreia Silva
Representante: Sara Sequeira
Andreia Silva e Sara Sequeira

Sub 16 aproveitaram a deslocação a Arcos de Valdevez para competir e evoluir

Depois dos embates dos Veteranos e dos Seniores, chegou a vez do misto S16/S18 MRCB e Agraria rugby defrontar os Sub16 do Clube local.  Com a preciosa ajuda do CRAV de modo apresentar 15 jogadores em campo o jogo começou num final de tarde bonito mas frio.

Durante a primeira parte o jogo foi bastante equilibrado com ambas as equipas a mostrarem bom pormenores e com o jogo a correr a bom ritmo.

Na segunda parte, após algumas mexidas nas equipas por pequenos toques as equipas mexeram e os jovens do CRAV conseguiriam implementar o seu jogo e com isso avolumaram o resultado no segundo tempo. Os jovens Bairradinos bem tentaram impor o seu jogo, mas a falta de entrosamento com os restantes membros tornou a tarefa mais difícil. Apesar de tudo, num último esforço conseguiram um ensaio de belo efeito na “bola de jogo”.

Belo jogo, bem disputado e com bastante bons pormenores de ambas as equipas.
Resultado final 28-14 (4 – 2 em ensaios).

Um agradecimento especial ao CRAV que aceitou o convite para este jogo amigável, e por ter disponibilizado jogadores para que todos pudessem jogar.

João Quintela

Agenda próximo Fim de Semana

Sem comentários: